sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Triste


Triste, sem você
Triste, sem te ter
Triste, sem um braço
sem caminho, sem teu traço
sem teu cheiro em meu lençol.

Triste, é amanhecer
Triste o meu viver
Triste o meu espaço
sem carinho, sem abraço
Não dormi e já nasceu o sol.

Triste saber, que você vive sem o meu amor
E eu não vivo sem o seu
Triste, chegar algum destino sem te encontrar
E ao final sem você eu não sou eu.

Triste, você vai viajar
Triste, eu não sair do meu lugar
Triste, minha metade só cresceu minha vontade de ser sua até morrer.

Triste, o barulho do mar
Triste, é viver sem te tocar
Triste a realidade a tua ausência me invade
Mas não me permito te esquecer você

Triste saber, que você vive sem o meu amor
E eu não vivo sem o seu
Triste, chegar algum destino sem te encontrar
E ao final sem você eu não sou eu. (2vezes)

Eu não sou eu
sou alguém que você imaginou
uma visão do seu amor.
Fernanda Dias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário